Band está próxima de assinar com F1 e leva elenco da Globo

0
459

A TV Globo definitivamente perdeu o ar de “intocável” e o setor de esportes, um dos principais diferenciais da emissora, está desmanchando aos poucos. No ano passado o principal canal de televisão do Brasil perdeu os direitos de transmissão da Libertadores para o SBT e neste ano perdeu a Fórmula 1, que está com contrato encaminhado com a Band.

O pacote F1 também deve levar a setorista do circo automobilístico pela Globo, Mariana Becker, para a Bandeirantes. Seu contrato de trabalho chegou ao fim e ela deixou a Globo após 27 anos de casa, meses após a saída de seu marido, o ex-produtor executivo da categoria na Globo, Jayme Brito.

A Band já conta com o comentarista Reginaldo Leme desde o ano passado e agora falta definir quem será o narrador da atração. Segundo o UOL, o nome mais cotado para assumir as transmissões é o de Sérgio Maurício, atualmente no SporTV.
O fim da parceria entre a Globo e a Liberty Media, dona da categoria, mostra um pouco do desgaste e da irritação que outras atrações esportivas, como a Conmebol e a Libertadores, passam com a Globo. Desde que comprou a F1 em 2016 por US$ 8,5 bilhões, a Liberty demonstrava insatisfação com a falta de exibição dos treinos oficiais de sábado, cortes da transmissão do pódio e corridas que foram transferidas para o SporTV por conflitarem com o horário do futebol.

Com a saída da principal categoria automobilística no mundo, a Globo deve perder cerca de R$ 500 milhões ao ano, além de encerrar uma parceria que durou 41 anos e eternizou as vitórias do principais pilotos de corrida de todos os tempos.

Fonte: IstoÉdinheiro