Estudantes baianos se mobilizam para fazer as avaliações de Língua Portuguesa e Matemática com foco no IDEB

0
73

Até o dia 1º de novembro, os estudantes das redes municipais, estadual e particular, estão mobilizados para fazer as provas de Matemática e Língua Portuguesa do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). É por meio desta avaliação que se define o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) dos Estados, para subsidiar a elaboração e o monitoramento das políticas educacionais. Na Bahia, as provas do SAEB devem envolver mais de 460 mil estudantes.

As provas estão sendo aplicadas no horário regular das aulas e são dirigidas para estudantes do Ensino Fundamental (5º ano e 9º ano) e do Ensino Médio (3º ano e 4ª série da Educação Profissional). Em caráter amostral, este ano o SAEB também abrangerá o 2º ano do Ensino Fundamental e a Educação Infantil.

Entre as unidades escolares que aplicaram a prova SAEB nesta quarta-feira (23), está o Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Negócios do Norte Baiano (CEEP), localizado em Juazeiro (507 km de Salvador). Depois das provas, os estudantes falaram com entusiasmo sobre as questões respondidas. Este foi o caso de Raiane Oliveira, 22, do 4º ano do curso técnico em Recursos Humanos. “Gostei muito do nível da prova e acho que fui muito bem, pois as questões estavam bem contextualizadas com o que aprendemos”, afirmou. Já sua colega de curso Taiane Maria dos Santos, 19, revelou que se preparou dias antes para a prova. “As provas foram muito tranquilas de se responder e eu me preparei bastante. Sei que terei um bom resultado”, comentou.

Na terça-feira (22), também participaram das avaliações os estudantes do Colégio Estadual Professor Rômulo Almeida, localizado no bairro do Imbuí, em Salvador. A estudante Maria Vitória Carvalho Silva, 18, do 3º ano, ficou empolgada com seu desempenho. “Foi a primeira vez que participei desta prova e achei muito interessante, pois todo o nosso aprendizado está sendo avaliado”, afirmou.

Henrique Santos, 20, também do 3º ano,  disse que os conteúdos cobrados foram vistos durante todo o Ensino Médio. “Tenho certeza que fiz ótimas provas, pois a escola realizou aulas de revisão das duas disciplinas um dia antes e isso nos ajudou muito. Estou muito confiante do resultado”, revelou o estudante.