Estudantes participam de Feiras de Ciências em Vitória da Conquista

0
30

Com o objetivo de despertar nos estudantes o protagonismo juvenil através da iniciação científica, diversas unidades escolares da rede estadual estão promovendo suas feiras de ciências escolares. Tratam-se de apresentações de experimentos, pesquisas e projetos científicos que buscam solucionar problemas existentes nas comunidades em que os estudantes estão inseridos e que possuem o foco em questões votadas para temas como sustentabilidade, tecnologia e inovação.

A Escola Estadual Alaor Coutinho, localizada em Vitória da Conquista (519 km de Salvador), por exemplo, realizou, nesta sexta-feira (26), a IV Feira de Ciências. O dia foi marcado por apresentações de trabalhos com conteúdos de diferentes áreas e temas como: ‘Educação no Trânsito’, ‘Ciclo da água’ e ‘Construção de jogos educativos com sucata’.

“A feira é uma oportunidade de praticar e socializar os resultados de estudos e pesquisas em diversas áreas do conhecimento, desde Ciências Humanas até Exatas, realizados durante todo o ano letivo de 2018”, destacou a professora e articuladora Veruska Anacirema. A estudante Raissa Cristina Brito, 13, 7° ano, apresentou o experimento óptico ‘Câmera escura com lente’, que abordou princípios científicos das câmeras fotográficas. “Fizemos este projeto para a disciplina de Matemática utilizando materiais como caixa de papelão, lente de lupa, papel vegetal, papel cartão e fita isolante. Através dele, as pessoas puderam ver imagens invertidas com foco”, explicou.

No estande temático sobre avanços tecnológicos, Pedro Augusto Galvão, 12, 6º ano, mostrou a evolução de diferentes equipamentos como celular, videocassete, DVD, telefone, máquina de escrever, videogames e outros. “Gostei muito deste trabalho da disciplina de História, pois tivemos contato com aparelhos antigos e modernos que foram avançando com o passar dos anos”, disse o estudante.

Governador Mangabeira – Já o Colégio Estadual Professor Edgard Santos, localizado na cidade de Governador Mangabeira (139 km da capital), realizou a sua IV Feira de Ciências nesta quinta-feira (25), com o tema ‘Meio ambiente, sustentabilidade e cidadania. Um dos estudantes expositores foi Guimel Camilo dos Santos, 17, 2° ano, que apresentou um projeto de Biologia sobre biocombustível produzido a partir de algas. “Esta é uma alternativa sustentável de produção de biocombustível feito através da extração do óleo das algas e que pode substituir a gasolina e, com isso, preservar o meio ambiente, pois as algas se multiplicam facilmente e essa ação não gera impacto ambiental”, revelou o estudante.