Senador João Ribeiro morre após complicações pulmonares

0
220

serO senador do Tocantins, João Ribeiro (PR), morreu na manhã desta quarta-feira (18) no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele estava internado no local desde o último dia 15 de novembro após complicações pulmonares. Neste ano, o senador passou por um transplante de medula óssea para tentar curar um tipo raro de leucemia. A morte dele foi confirmada pela assessoria do parlamentar.

No último dia 26, João Ribeiro piorou o estado de saúde e foi para a UTI do hospital, onde estava até esta quarta-feira.

senador2
João Ribeiro voltou ao Senado em agosto deste
ano (Foto: Divulgação)

João Batista de Jesus Ribeiro era natural de Campo Alegre de Goiás e tinha 59 anos. Ele era casado com Cínthia Ribeiro, presidente estadual do PTN, com quem tem um filho, João Antônio Caetano Ribeiro. O senador deixa outros seis filhos: a deputada estadual do Tocantins, Luana Ribeiro (PR), o presidente estadual do PRTB, João Ribeiro Júnior, Diêgo Afonso Ribeiro, Giovanna Remor Stecanela Ribeiro, Maria Teresa Paranaguá Ribeiro e Fábio da Cunha Ribeiro.

Ainda não estão definidos os locais e os horários do velório e do enterro do senador. Mas a previsão é que o corpo chegue ainda nesta quarta em Palmas. O governo estadual ofereceu o Palácio Araguaia, sede do governo do Tocantins, para a realização do velório.

A doença
João Ribeiro foi diagnosticado em maio de 2012 com Síndrome Mielodisplásica Hiperfibrótica (SMD). Por ser uma doença rara, foi necessário um transplante de medula. A medula transplantada no senador foi doada pelo comerciante Lázaro Ribeiro, irmão de João Ribeiro.
Fonte: Portal G1