Técnicos responsáveis pela coordenação do Censo Escolar no âmbito dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e das Secretarias Municipais de Educação estão participando de uma capacitação, realizada pela Secretaria da Educação do Estado, para executar as atividades do processo censitário nas escolas. Nesta segunda-feira (11), o curso foi realizado no Instituto Anísio Teixeira (IAT), para representantes de Salvador e Região Metropolitana, além do Núcleo de Eunápolis (NTE 27).

Nesta terça-feira (12), a atividade segue nos núcleos de Santo Antônio de Jesus (NTE 21) e Feira de Santana (NTE 19). Na quarta (13), a capacitação está programada para Vitória da Conquista (NTE 20) e Bom Jesus da Lapa (NTE 2), e na quinta-feira (14), em Irecê (NTE  01). A perspectiva é alcançar 869 técnicos da Secretaria Estadual e das Secretarias Municipais de Educação, em todos os 27 NTE.

A superintendente de Gestão da Informação Educacional da Secretaria da Educação do Estado, Cristiane Ferreira, destacou a importância da capacitação com os técnicos estaduais e municipais. “O curso tem o objetivo de tirar dúvidas e a melhor forma de preenchimento do Educacenso para que possamos garantir a qualidade da informação nas unidades escolares. Por isso, estamos disseminando as informações e as novidades do Educacenso para que possamos ter maior fidedignidade com esses multiplicadores, que estarão passando esse conhecimento para as unidades locais. Tudo isso resulta em políticas públicas de qualidade voltadas para o território, determinando as melhores ações educacionais para a rede pública do Estado da Bahia”, afirmou.

Fotos: Suami Dias

A coordenadora de Informação da Secretaria da Educação do Estado, Ilza Patrícia, acrescentou detalhes da atividade. “Essa é a primeira etapa do Censo escolar 2018 onde começamos o treinamento e a reunião de alinhamento para a coleta dos dados, para atualização cadastral de escolas, turmas e estudantes. Também estamos aproveitando para passar informações sobre o programa Bolsa Família que são duas bases de dados muito importantes para a geração de políticas públicas, dos dados e estatísticas para a Educação do Estado. A realização do Censo Escolar é muito importante, porque faz um levantamento de toda a infraestrutura das escolas, dos docentes e dos alunos, servindo como base para a transferência dos recursos federais, monitoramento das políticas públicas e para avaliações do Ministério da Educação”, destacou.

Para a professora Ana Paula Queiróz, coordenadora do Censo Escolar do município de Vera Cruz, a capacitação dos gestores é determinante para o bom desempenho das escolas junto ao Censo Escolar. “Essa formação ajuda a nos manter atualizados e alinhados com o Estado e isto facilita bastante o trabalho com as unidades escolares, já que os dados são muito importantes para a melhoria da Educação. O encontro nos proporciona tirar dúvidas e estar atualizados das mudanças que possam ocorrer”, contou.