Em Poções, câmara reprova contas do ex-gestor e teoricamente o deixa inelegível por 8 anos

0
161

Com oito votos favoráveis ao parecer do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCM-BA), quatro contrários e uma abstenção, a Câmara de Vereadores de Poções reprovou as contas da Prefeitura referentes ao exercício de 2015, de responsabilidade do ex-prefeito Otto Wagner de Magalhães, na sessão da noite desta segunda-feira (18). Durante a sessão, a Câmara de Vereadores esteve lotada. Muitos dos munícipes presentes gritavam palavras de ordem e chamavam o ex-prefeito Otto Wagner de Magalhães de corrupto e ficha suja. Para conter os ânimos, o presidente da casa de leis solicitou a presença da Polícia Militar e da Guarda Municipal.como fazer um site.

Fonte: Blog Adelson Meira