Redes sociais explodem com denúncias de nepotismo em Itororó/BA

0
223

Na tarde desta segunda-feira 8, as redes sociais não registravam outra coisa, a não ser o clássico caso de nepotismo concebido com o “hediondo” pecado capital, onde um prefeito contrata o cunhado e o irmão do cunhado para trabalhar em seu governo. O mais interessante é que ambos são pedreiros, mas estão lotados na secretaria de educação como pedagogos com salários de R$ 2.400 reais.

Se o governo ético de Adauto já tinha caído em tentação com licitações que favoreceram correligionários, com essa agora afundou de vez, e logo na Secretaria de Educação, pasta principal do governo comandada pela esposa. Difícil de acreditar, mas os documentos não mentem.

(Imagem: Itororó no Ar)

Fonte: Itororó no Ar