Corpo de um homem é desovado em mata sem os olhos e sem a língua em Tanhaçú/Ba

0
159

tanhUm homem ainda não identificado, com aproximadamente 35 anos, foi encontrado despido e morto dentro de um matagal à margem da BR-030, na entrada do distrito de Sussuarana, em Tanhaçu, no sudoeste baiano, no início da noite da última segunda-feira (27). Ao site Brumado Notícias, o delegado Fábio Lago declarou que uma equipe da polícia técnica de Brumado identificou que o homem foi alvejado com três disparos de arma de fogo – dois tiros atingiram a cabeça e um o abdômen. Os peritos constataram que a vítima possui várias tatuagens, entre as quais a suástica, símbolo do Nazismo, um fuzil, e a frase “vida loka”. O corpo do homem estava mutilado, pois os olhos e a língua foram arrancados. Além disso, ele teve os braços quebrados. A polícia trabalha com duas hipóteses. “Uma é que o rapaz poderia estar sabendo demais e estaria delatando criminosos. Por isso, lhe arrancaram a língua. A outra hipótese é que também poderia ter visto o que não devia e por isso ficou sem os olhos”, explicou o delegado.
Segundo avaliação dos peritos, não havia sinal da execução no local onde o corpo foi encontrado, o que aponta que ele apenas teria sido desovado na mata para tentar enganar os investigadores. O delegado acredita que o homem nem seja da região de Tanhaçu. O corpo encontra-se no Instituto Médico Legal (IML) de Brumado aguardando reconhecimento.

As informações são do Brumado Notícias.